007 com Daniel Craig completa!

Categoria:

Presentasso surpresa da namorada me faz completar outra coleção. 19/07/2013
*Só achei a capa um pouco simples e o titulo "Operação Skyfall" totalmente desnecessário.

Comecei a acompanhar 007 meio tarde, na fase do Goldeneye mesmo e foi por causa do jogo. Nunca tinha reparado nos filmes antes mas ai comecei a assistir desde o primeiro, naquela fase que a Globo passou todos os filmes, acho que era um por semana. Viciei no primeiro filme!
Ao final da maratona, se me lembro bem terminou no 007 - O Amanha Nunca Morre, já estava na onda do espião. Os gadgets, carros, mulheres, trilha sonora e estilo de vida conseguiram mais um fã.

*A partir daqui eu soube que era um fã da franquia.

Meu primeiro filme original foi Goldeneye em VHS, de uma série de revistas distribuídas pela Warner Bros.
O jogo nem precisa de apresentação, o melhor FPS + Multiplayer da geração N64 (na minha opinião) e também foi o único cartucho que ganhei zero e o único jogo, acompanhado do Mario 64, que tive para o N64 durante uns 10 anos (sim, vivia de jogos emprestados porque eram caríssimos na época).

*Ultimo filme de Pierce Brosnan como 007.

Na época do DVD, comprei meu primeiro filme do agente na nova mídia, peguei logo o que eu não tinha assistido. Devo dizer que nas primeiras vezes, achei bem legal por ainda ser novidade o DVD, com os extras, qualidade de vídeo e áudio comparado com o VHS, mas depois de um tempo a franquia perdeu um pouco a graça e ficou um bom tempo estacionada, sem contar o ator que já estava um pouquinho fora de forma para o papel.


*Novo sangue, nova trilogia.

Com Daniel Craig, a franquia teve um ótimo recomeço.
Fiquei admirado com Casino Royale, só não ganha de Goldeneye por motivos nostálgicos.
Quantum of Solace foi uma boa ponte, ótimas cenas de ação mas roteiro meio atrapalhado, toda hora o agente tendo que se provar para a M, enche um pouco o saco.
Skyfall consegui ver no cinema, gostei muito ainda mais por causa do som do cinema que leva vida para todas cenas de ação. A historia fui entender melhor revendo no DVD. Achei bacana levar aos poucos de volta a origem do personagem clássico e ao mesmo tempo tirando um sarro disso, a cena que apresenta o novo Q como um jovem hacker com apenas um transmissor e uma pistola que reconhece a biometria do 007 foi uma ótima sacada, mostrando equipamentos reais para nosso tempo e dizendo que hoje em dia, um ataque cibernético surte mais efeito que qualquer espião em campo de batalha, sem contar outros easter eggs que não vou falar para não revelar spoilers.
Mais uma ótima trilogia para a estante e se você ainda não viu Skyfall, recomendo, ótimo final (ou recomeço) e com um vilão que por mais maluco que seja, é bem carismático.