Qual o limite para o colecionador de filmes?

Ter todos os filmes da franquia, contando os spin-offs, versão do diretor ou simples, ter o mesmo filme em vários formatos de mídia?


Quando podemos dizer, que mesmo faltando um filme, a coleção está inteira?
Um exemplo aqui, minha coleção do Predador e do Alien.
Aqui a parte fã falou mais alto que a parte colecionador, pois eu não tenho os filme PREDADORES e PROMETHEUS pelo fato desses dois filmes não me agradarem e para mim esta coleção esta completa.O interessante é ver que tanto PREDADORES quanto PROMETHEUS estão bem baratos agora em DVD, o que me faz pensar se compensa comprá-los, mesmo que não seja para assistir, somente para completar a coleção e deixá-la mais bonita para mostrar para os outros colecionadores ou simplesmente para olhar na estante.
Aqui vale também para os novos filmes de 007 com Daniel Craig.
Gostei muito de Casino Royale, nunca imaginei que o ator superasse Pierce Brosnan em Goldeneye (meu filme favorito do agente). Na verdade, não acho que superou, acho que igualou e trouxe mais para a realidade o agente secreto, sem contar a parte humana, bem explorada em minha opinião.
Infelizmente Skyfall, único filme do 007 que vi no cinema, me agradou na hora, mas depois fiquei pensando se realmente tenho que comprar em DVD ou se eu assistir mais uma vez já sacia a curiosidade e o ponto de vista critico.

  Aproveitando o embalo, Transformers no cinema.
Assisti os três filmes no cinema.
Transformers e Transformers – A vingança dos derrotados, me deixaram bem animado, pois era novidade ainda a animação 3D dos robôs e foi um boom que ajudou a reviver a ficção cientifica com robôs gigantes. O primeiro filme, mesmo com tantas piadas e roteiro fraco, se mantém bem forte por ter trazido a voz original de Optimus Prime e por ter boas cenas de destruição e robôs. O segundo filme, assim como a maioria das continuações, serviu como uma ponte para o final no terceiro filme que determina se vai acabar bem com a trilogia ou não, então eu nem ligo muito, mas achei legal trazer um pouco mais da receita do primeiro filme. Transformers – O lado escuro da Lua já é uma bagaceira só em minha opinião. O famoso “plot-twist” , onde há uma virada no meio do filme que muda o curso das coisas, foi mal aplicado e trazer de volta a mesma receita não funcionou. Simplesmente um lixo.

Quando as empresas contribuem.
Aqui alguns boxes completos, menos o Batman, muito mais fácil de colecionar, pois são ótimas trilogias (tirando Robocop, onde o terceiro filme peca em tudo.).
Filmes com historias finitas, com seu próprio universo e com ciclo fechado é uma mão na roda para o colecionador.
De volta para o futuro é o Box que define a coleção completa, fácil de achar, barato e é uma historia só em três filmes, altamente recomendado para fãs de ficção cientifica, comédia e nostalgia.
Trilogia Batman de Cristopher Nolan, em minha opinião, melhor trilogia de filme de herói. Mostrando do zero novamente a historia de Bruce Wayne, acho que conseguiu mostrar que mesmo o Batman tem um limite e no ultimo filme, deixa aberto para o fã entender ou estender a historia do jeito que quiser, uma obra prima que muitos não dão valor, por não serem fãs do personagem assim como eu.
Robocop é um caso a parte, eu simplesmente amo o primeiro e segundo filme.
O primeiro filme é um clássico de todos os tempos, ficção cientifica, violência, sarcasmo, critica social, um mundo de camadas em cima de um filme sobre um ciborgue. No segundo filme, focado mais no sci-fi, trouxe mais violência até mesmo contra o ciborgue, a cena em que os traficantes o destroem está registrada no meu cérebro desde quando eu assistia quando criança na Temperatura Máxima.
Robocop 3... nem sei o que dizer, realmente uma tarefa difícil tentar terminar uma trilogia com dois ótimos filmes no histórico mas acho que poderiam ter usando menos influencia política e mais sci-fi, sério, é tão ruim que nem sei dizer direito o porque, de tanto desgosto. Eu teria comprado somente os dois primeiros filmes, mas como foi uma promoção, por R$19.90 comprei a trilogia dele mais a quadrilogia Alien com frete grátis, então fica ali quietinho o DVD do Robocop 3 (e Alien – A Ressurreição).

Completo até quando?
Aqui a coleção completa de A HORA DO PESADELO que ganhei da minha incrível namorada, completinho com todos os sete filmes. Ainda preciso ver todos, talvez numa maratona neste Halloween.
Mas aqui não vou comentar sobre os filmes, pois preciso ver todos para um review melhor.
Temos então um bom exemplo de se para estar completa a coleção de uma franquia, temos que ter todos os filmes clássicos, ou também temos que ter o remake? Único filme que posso analisar aqui, realmente é o remake, achei bem fraco ainda mais depois de rever o original, mas estou numa fase onde entendo a indústria capitalista de filmes, onde eles fazem remakes para trazer historias antigas para a nova geração de fãs. Infelizmente fazer um remake de um filme que possui seis continuações, pra mim, é meio fora de mão porque, até agora em 2013 não ouvi nada da continuação de A HORA DO PESADELO 2010, então fizeram um filme só para ganhar uma grana, sem acrescentar nada a franquia, que chato né?

Coleção entre mídias.
Reparem na foto a VHS da JVC, nela está gravado Cemitério Maldito dublado, do extinto canal USA.
A VHS original foi o primeiro filme de terror que comprei nesta mídia e pela internet, realmente um item com valor sentimental. Foi em uma época que eu estava migrando de DUBLADO para LEGENDADO de forma extrema, foi neste ponto que desisti de assistir filmes dublados, menos os antigos. Com o tempo, mesmo possuindo duas VHS com o filme dublado e legendado, resolvi comprar o DVD que na época estava na começando a baratear. Minha surpresa, porcaria só tem legendas, trailer do filme e sinopse. Numa mídia como o DVD, realmente espero um pouco mais e também a coisa mais importante, a dublagem. Ainda não sei quais são os extras e opções de áudio no Blu-Ray de Cemitério Maldito, mas penso seriamente em comprá-lo se estiver completo, com extras, fotos, trailer de cinema, dublado, etc, porque é um dos meus filmes favoritos por motivos nostálgicos e por ser o que me tornou fã do Stephen King.

Considerações finais.
Ter todos os itens, realmente é importante? Na falta de conteúdo, compensa comprar o mesmo filme em outra mídia? Historias baseadas no mesmo universo, mas que não tem relação direta com outros filmes e de qualidade inferior merecem espaço em sua prateleira?
Não tenho uma resposta para isso, acho que colecionar é um hobbie tão divertido que às vezes compro somente para fechar à coleção, às vezes não, a graça é fazer o que se gosta, mas sempre sendo dono da sua coleção e nunca deixando ela ser dona de você.

Para você, qual o limite da coleção? Comente aqui, deixe sua opinião ;) .

0 comentários :

Postar um comentário

ADS

ADS

Criar cartão de visita

Postagens populares